água para corações partidos

glass_of_water_half_full-wallpaper-2560x1600

– tô vestido de tristeza.

Ele disse olhando para algum longe longe longe do alcance dos olhos de todos. Ninguém conhecia essa roupa em trama de pedra. Os fios de correntes arrastando entredentes semicerrados, gastando a calma rasa acumulada ao longo da última estiagem de dores. As flores amoleciam no vaso.

– era tudo que eu tinha.

Não deixava os olhos disponíveis. Qualquer contato era intermediado pela palavra, e ao menor toque de encontro, um pequeno gesto de repulsa, ou de quem tem o corpo todo dolorido de uma surra inconfessável.

– achei que tinha.

Levantou, foi até a cozinha, pegou aquele copo maior para uma sede inventada, e encheu, delirando estar em algum mar isolado do mundo, longe de qualquer som, de qualquer dor ou lembrança de agora. As flores secavam no vaso.

– desencontrar alguém assim…

Guardava a certeza numa gaveta tão miúda, que às vezes duvidava que a tivesse. Quando como por alguma mágica traquina chegava alguém para desanuviar a solidão de estar no mundo, essa gaveta abria, ele olhava e sorria. Não demorava muito para deixar de ver.

– parecia que ia ficar.

Pegou o caderno de escrever verdade fingindo mentira e rabiscou:

Toda vez que Maria encontrava
o caminho de casa, a rua mudava.
Maria voltava e dormia sobre si.
Abraços ocos. Planos forjados em
segredo e a quatro mãos: depostos.
Toda vez que acendia um caminho
largo, a rua trocava embaixo de seus
pés descalços.

Verteu uma lágrima só. Silente. A água ficara na cozinha intacta. A sede perdera lugar para o remédio de sempre: escrever dor em quem existe menos que ele. Funcionou pouco. As flores mortas no vaso. Lembrou de um afago de infância por uma mão marcada pelo tempo e pelas veias saltadas. Enxugou a dor do olhar, colocou a pior música para queimar desencontro e se lembrou do caminho de casa.

para Grênivel.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s