Cala a boca já morreu

football5

 

_ Ô véi, larga de viadagem e chuta essa porra logo.
_ Pera que tu não nasceu de sete mês.

Ensaiava o chute tantas vezes, num vai e vem que ao goleiro, postado entre duas havaianas, parecia eterno e que sempre ao perceber o inevitável gol, gritava dois alto! Era gatilho pra confusão e a massa de meninos brigando em gritos e socos falsos e fracos, era mais barulho que força.

_ Tu é todo enrolão, só porque tu ia tomar o gol. O dono da bola a recolhia com uma altivez que viraria anos mais tarde um traço perverso em sua personalidade. Era dono do jogo, da rua, dos demais meninos do baba. Os outros guris ficavam olhando perdidos com o fim da brincadeira, eternidade de dois minutos até alguém arrumar uma lata que agora faria as vezes de bola ou meias, ou que mais coubesse na imaginação.

Agora revivo essa infância. Olho as havaianas, afastadas, aos pés da cama, parecem o gol que tantas vezes guardei.

 

Anúncios

5 comentários sobre “Cala a boca já morreu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s